"Como toda e qualquer estrela: explodi. Que o cinturão de Órion me perdoe mas já não sei mais brilhar. Que as Três Marias não me deserdem; sei que em algum ponto de minhas artérias ainda tenho plasma brilhante correndo. Só não acho justo auto denominar-me fascinado por algo que já não me agrega mais nem um centavo. Às estrelas, com carinho, peço desculpas. Eu explodi. Como toda e qualquer estrela: explodi. E o que está por vir é só o resultado dessa explosão.""